sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Grandes engenheiros do passado: Vittorio Jano

Neste post vou homenagear um dos grandes engenheiros e projetistas de carros de corrida, Vittorio Jano. Eu costumo escrever sobre alguns pilotos do passado, mas desta vez vou escrever um pouco, sobre um dos maiores engenheiros do passado.

Vittorio Jano, nasceu em 22 de Abril de 1891 em San Giorgio Canavese no Piemonte. Descendente de Húngaros, logo cedo interessou-se pela mecânica, com 18 anos de idade se diplomou no instituto professionale operário, e em 1911 ingressou na Fiat, que na época era uma das maiores fábricas de automóveis mundialmente e detentora das mais recentes tecnologias. Na Fiat projetou o carro de corridas 805. Ficou amigo de Luigi Bazzi, que mais tarde iria para a Alfa Romeo, e levaria Jano para trabalharem juntos. Jano substituiu o antigo engenheiro-chefe Giuseppe Merosi, que havia projetado o carro P1, que não obteve sucesso como a Alfa RL projetada por ele anteriormente. O primeiro carro projetado por Jano na Alfa Romeo, foi a Alfa P2 que logo obteve enorme sucesso nas pistas, em 1925 conquistando o primeiro título mundial de Grand-Prix para a Alfa Romeo pilotado por Antonio Ascari.



Vittorio Jano em foto histórica 

Alfa Romeo P2 

Alfa Romeo P2 

Alfa Romeo P2 

Alfa Romeo P2 

Em seguida Jano projetou um dos carros que seriam campeões em várias ocasiões. O Alfa Romeo P3, que foi o primeiro mono-posto projetado por Jano para a temporada de 1934, onde os carros de Grand-Prix passaram a contar apenas com o piloto. O P3 pilotado por Tazio Nuvolari, foi por diversas vezes ao pódio. 

Alfa Romeo P3

Alfa Romeo P3

Alfa Romeo P3

Jano em sua carreira brilhante projetou motores para automóveis de rua, caminhões, tratores e Aeronaves. Outro grande carro projetado por Jano para a Alfa, foi o também campeão Alfa Romeo 8C 2300. 


Alfa Romeo 8C 2300

Alfa Romeo 8C 2300

Alfa Romeo 8C 2300

Alfa Romeo 8C 2300

O último carro projetado por Jano na Alfa Romeo, o Alfa Romeo 12C que introduziu o primeiro motor V12 da Alfa, não obteve sucesso nas pistas, causando talvez a saída de Jano da Alfa Romeo. 

Alfa Romeo 12C

Alfa Romeo 12C

Alfa Romeo 12C

Alfa Romeo 12C


Após a morte de Vincenzo Lancia, Jano foi convidado a tocar a equipe de competição da marca, e projetou a Lancia D50, que não obteve sucesso inicialmente, nas pistas e foi comprado o excedente por Enzo Ferrari, que contratou Jano para melhorar o carro, que foi campeão como Lancia-Ferrari, pilotado por Fangio. Na Ferrari seu último grande projeto, foi junto com o filho de Enzo, Alfredino, para a criação de um leve e potente motor V6. Dino o filho de Enzo faleceu precocemente, e não pode ver o projeto concluído. O carro construído com o motor V6 foi a Ferrari Dino 246 F1 para a temporada de 1959, sendo o último carro Ferrari de fórmula 1 com o motor frontal. 

Ferrari 246 Dino F1

Ferrari 246 Dino F1

Ferrari 246 Dino F1


Jano como Enzo Ferrari, perdeu seu filho precocemente, o que tornou sua saúde muito debilitada, vindo a levá-lo ao suicídio em 1965. Assim terminou a carreira de um dos maiores engenheiros das pistas.