domingo, 3 de agosto de 2014

Construindo o ERA e-type 1938 Miniatura nº 25 Parte 25 Final

Colocando o quebra-vento do piloto e o volante:

As últimas peças a serem colocadas para finalizar a miniatura, são o quebra-vento do piloto e o volante, que são colados com cola bonder aos respectivos locais. No quebra-vento do piloto são pintados os rebites que fixam a parte de vidro às hastes de sustentação e retocado com tinta da cor da carroceria ao redor dos orifícios de fixação. Após o término da montagem da miniatura, são feitos os últimos retoques de pintura na carroceria, e em partes das suspensões.



Quebra-vento do piloto e volante colocados

Quebra-vento do piloto e volante colocados

Quebra-vento do piloto e volante colocados



Plaqueta de identificação:

Todas as miniaturas Pavani a partir da nº 20 (Bugatti type 59 1933) tem uma placa de identificação feita de alumínio na parte de baixo da miniatura, que foi gravada com motor de suspensão e ponta fina de gravação, com os dados do carro: Modelo, ano de fabricação, assinatura (Leonarde) e o número da miniatura dentro da coleção.



Plaqueta de identificação 

A miniatura pronta: 


No próximo post serão publicadas as fotos completas do carro, ficha técnica e a história do modelo 


Considerações gerais sobre a construção desta miniatura e do trabalho com as miniaturas: 

Foi escolhido este modelo de carro para mostrar a construção, devido a ser um projeto de médio a fácil, para que não fosse muito cansativo para os leitores acompanharem. Levou cerca de um mês e alguns dias para concluir o projeto. Esta técnica de construção foi totalmente criada por mim, e vem sendo aperfeiçoada através dos anos em que estou executando o trabalho. Não é utilizado nenhum material sofisticado, e nenhuma ferramenta especial. Eu uso apenas como material alumínio, resina epóxi, tubos de plástico de várias espessuras, arames de várias espessuras, couro ou tecido (para a tapeçaria) e outros materiais necessários a cada projeto (madeira por exemplo no painel do Morgan Aero). As ferramentas utilizadas são: tesouras reta e curva, limas para metal (plana, triangular e redonda), punções de furação, alicates de corte e de bico, martelo, peças quadradas de metal que eu utilizo para "amassar" a chapa ou o arame, e o motor de suspensão para perfurar, desbastar, polir e gravar com as pontas apropriadas.  


Aguardem o próximo post com as fotos completas da nova miniatura e a história do modelo.